Mortes relacionadas as Testemunhas de Jeová resultam em controvérsias religiosas na Russia

Ir em baixo

Mortes relacionadas as Testemunhas de Jeová resultam em controvérsias religiosas na Russia

Mensagem por Regis Medina em Qui Out 14, 2010 11:19 pm

Mortes relacionadas as Testemunhas de Jeová resultam em controvérsias religiosas na Russia
por Vladimir Kozlov em 14/10/2010 - 20:11

Dois acontecimentos trágicos têm atraído a atenção pública para como a denominação Testemunhas de Jeová opera na Rússia. Enquanto os membros do grupo alegam discriminação por parte do governo, muitos russos, incluindo especialistas em religião tem tido uma opinião hostil à seita, acreditando ser uma seita totalitária, em vez de um legítimo movimento religioso.

No último domingo, um recém-nascido morreu no centro de Moscou, na sequência de um parto domiciliar mal sucedido. Relatórios da mídia afirmam que a mãe, que foi levado ao hospital com hemorragia grave, é uma Testemunha de Jeová. Tem sido sugerido na imprensa que as crenças religiosas da mãe a impediu de pedir socorro médico em tempo hábil.

No início deste mês, a Interfax informou que acusações criminais foram movidas contra a mãe de um menino de 11 anos de idade, Ilya, que morreu em agosto deste ano na seqüência de um acidente de trânsito. A mãe, uma Testemunha de Jeová, teria se recusado a permitir uma transfusão de sangue para seu filho.

"Com base no diagnóstico, [Ilya] Orlukovich precisava de uma transfusão de sangue", disse Sergei Markov, um porta-voz do Comitê de Investigação do Gabinete do Procurador à Interfax. "Mas sua mãe repetidamente recusou a transfusão de sangue, apesar de estar informada sobre a urgência e que a recusa seria mortal para a criança." O menino acabou por morrer de perda de sangue, acrescentou Markov.

Testemunhas de Jeová são famosas por seguir uma doutrina religiosa que proíbe a transfusão de (alguns componentes do sangue) sangue. Quem estiver disposto a aceitação de uma transfusão pode ser expulso da seita.

Testemunhas de Jeová negam qualquer ligação com o caso do parto domiciliar. "A mulher em questão não tinha nada a ver com as Testemunhas de Jeová", disse a Moscow News, Grigory Martynov secretário de imprensa do centro administrativo das Testemunhas de Jeová na Rússia, disse a notícia de Moscovo, acrescentando que a organização pediu aos meios de comunicação a reconsiderar os seus noticiários sobre o caso do parto domiciliar.

Comentando sobre a morte de Ilya, Martynov minimizou a questão da transfusão de sangue, dizendo que a mãe de Ilya Luydmila "exigiu o melhor e mais avançado tratamento" para seu filho quando ele foi levado para o hospital, mas nada poderia ser feito para salvar sua vida.

Alguns especialistas discordam e dizem que as Testemunhas de Jeová são responsáveis pela tragédia. "As mortes dessas crianças ocorrem por causa da religião Testemunhas de Jeová, que força pessoas a terem a prática destrutiva de recusar assistência médica sob a forma de transfusão de sangue", disse Alexanxder Korelov, chefe do comitê jurídico do Centro Russo de estudos de religião e seitas a Moscow News.

"Isto é especialmente perigoso quando se trata de crianças", continuou a dizer. "O princípio 'sem sangue' propagado pela seita não é apenas baseada em uma interpretação falsa e distorcida da Sagrada Escritura, mas também severamente contradiz a lei em vigor que garante a cada pessoa o direito à assistência médica integral."

Nos últimos anos as Testemunhas de Jeová encontraram-se sob a pressão das autoridades russas. Em várias cidades russas, incluindo Moscou e distritos com, Taganrog e Arkhangelsk, divisões da sua organização foram fechadas por ordem do tribunal local por motivo de instigação ao ódio religioso e extremismo.

No verão passado, o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos corroborou a denúncia das Testemunhas de Jeová sobre o fechamento de sua filial de Moscou e condenou as autoridades Russas a pagar uma indenização de 70.000 euros. As autoridades russas apelaram do veredicto.

"Tanto a perseguição judicial as Testemunhas de Jeová quanto as acusações de extremismo são causas de aflição, isso infelizmente, está começando a se parecer com a perseguição que as Testemunhas de Jeová enfrentaram sob os soviéticos" disse Martynov.

Korelov discorda fortemente. "A seita Testemunhas de Jeová foi justamente marcada como uma organização extremista em suas atividades - todos os sinais de extremismo estão presentes", disse ele. "A morte de crianças são apenas o exemplo mais flagrante da natureza destrutiva dessa organização."
avatar
Regis Medina
Admin

Mensagens : 625
Data de inscrição : 28/09/2010
Idade : 47

Ver perfil do usuário http://exjeovaceticos.foro.bz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum