Uma carta aberta de Barbara Anderson para a Torre de Vigia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Uma carta aberta de Barbara Anderson para a Torre de Vigia

Mensagem por Johannes em Ter Fev 14, 2012 12:21 pm

Como eu participo do fórum americano JW.net, a Barbara Anderson abriu um tópico por lá pedindo para alguém traduzir e divulgar nos sites brasileiros sua carta ao Departamento de Redação da Watchtower (http://www.jehovahs-witness.net/jw/friends/221641/1/A-translation-request-Do-you-read-and-can-write-fluent-Portuguese). E eu me prontifiquei, ela me mandou a carta por e-mail semana passada. Segue a carta:


Eu pensei que conhecia vocês

Uma carta aberta de Barbara Anderson para o Departamento de Redação da Torre de Vigia

Em 1517, Martinho Lutero escreveu uma carta para o Arcebispo Alberto de Mainz: "Você graciosamente precisa relevar que eu, a escória da terra, seja tão audacioso em ousar escrever uma carta para você."

Sim, eu sei que vocês me consideram como escória, assim como Mainz considerava Lutero, e devem estar pensando em como eu me atrevo a escrever uma carta para vocês, sendo eu uma pessoa que as Testemunhas de Jeová desassociaram no ano de 2002. Eu fui acusada de ser uma pecadora impenitente e condenada por "causar divisões", então fui taxada de "apóstata" devido ter falado publicamente, no programa de TV Dateline da emissora NBC, sobre as políticas (da Torre de Vigia) sobre abuso sexual infantil que protegia pedófilos - políticas que vocês ajudaram formular. Agora vocês lembram de mim? Eu aposto que sim!

Por fazer uso da consciência, é certamente desnecessário ser posto de lado como um apóstata e visto como estando morto pelos familiares e por amigos. E conforme A Sentinela de 15 de Julho de 2011, eu estou "mentalmente doente" porque a revista menciona que todos os apóstatas estão mentalmente doentes.

Ferimentos causados por um ataque físico podem cicatrizar, mas especialistas afirmam que insultos e xingamentos podem causar dano emocional que pode durar uma vida inteira. Por isso existe um ditado popular: "A caneta é mais poderosa do que a espada." Vocês sabem que palavras podem cortar como navalhas, e parece que é por essa razão que vocês usam palavras, nas literaturas da Torre de Vigia, que podem ferir aqueles que discordam com a religião das Testemunhas de Jeová.

Já se passou quase vinte anos desde quando eu caminhava por seus "sagrados" tapetes. Eu amei cada minuto deles, exceto por duas vezes que eu tive de duelar com dois membros de seu departamento, em diferentes ocasiões sobre suas práticas desonestas e antiéticas (um dos referidos membros ainda está no seu meio).

Naquela época eu acreditava na integridade dos escritores do seu departamento. Eu pensava que eles eram leais a Deus e nunca desleais com respeito à verdade religiosa. Mas através de uma investigação maior, me foi provado que alguns escritores do Departamento de Redação são incompetentes e alguns simplesmente são desonestos.

Se eu dissesse que a religião das Testemunhas de Jeová é tão confiável quanto veneno de cobra, que são apenas bobagens e conversa fiada, muitas pessoas em nossa sociedade politicamente correta considerariam minhas palavras como ofensivas e agressivas. Mesmo assim, os escritores do Departamento de Redação da Torre de Vigia acreditam que eles podem deturpar as escrituras à vontade, usando-as contra aqueles que questionam as políticas e doutrinas da Torre de Vigia, e fazem isso impunemente, assim como a afirmação recente: "Bem, apóstatas são 'mentalmente doentes', e eles procuram infectar outros com seus ensinos desleais (1 Tim. 6:3,4)."

Primeiramente, isso é ridículo. Paulo não disse nada sobre "apóstatas" - assim como fez A Sentinela. E ele não disse, no versículo 4, que "Ele" [qualquer homem que ensine outras doutrinas] está mentalmente doente! A expressão "doença mental" descreve uma condição física. Paulo disse que "Ele... estando mentalmente doente sobre questionamentos e debates sobre palavras." Estes homens estavam literalmente "enfunados" e "obstinados" em questionamentos e disputas "sobre" as palavras de Jesus de tal forma que o desejo pela controvérsia era como uma doença. Sendo assim, como não havia nenhum diálogo com tais homens "corruptos", Paulo instou que Timóteo não perdesse seu tempo com eles.


Eu não discordo com vocês sobre sua tradução da palavra grega noseō como sendo "mentalmente doente" ou qualquer expressão equivalente usada em outras traduções. Minha discordância não é com a descrição negativa do Apóstolo Paulo sobre a forma de pensar de seus primeiros opositores, que eram pseudo irmãos, ou "falsos irmãos", ou apenas "falsos instrutores" questionando e debatendo algum assunto em específico. Entretanto, eu discordo com a aplicação interpretativa de suas palavras.

Os primeiros seguidores de Jesus Cristo eram judeus e eles continuaram a seguir a Lei de Moisés (Romanos 15:7). Os primitivos cristãos judeus helenizados que são chamados de "judaizantes", obsessivamente questionavam as palavras de Cristo, insistindo que os cristãos gentios fossem circuncidados e que observassem a Lei Mosaica. Atos 15:5 diz que alguns convertidos eram Fariseus. Paulo menciona sua luta com esse grupo em pelo menos cinco de suas cartas. O Clarke’s Commentary corretamente afirma que estes judaizantes "…não eram apóstolos, nem homens apostólicos; mas eles eram, sem dúvida, membros da Igreja de Éfeso."

A discórdia era entre os cristãos judeus e os cristãos gentios, e o conselho de Paulo era bastante apropriado e específico, certamente não sendo válido mais de 2000 anos depois. Sim, eu sei sobre Romanos 15:4 onde Paulo diz que "todas as coisas escritas outrora foram escritas para a nossa instrução". Dentro do contexto, ele estava apontando para seu tempo, não para o nosso. Para os escritores da Torre de Vigia pegar um acontecimento histórico, onde os cristãos judeus estavam ensinando aos cristãos gentios uma completa "doutrina diferente" (1 Tim. 1:3), que era a observância da Lei Mosaica, e a partir daí se apegar a uma frase encontrada em 1 Tim. 6:4, que se refere aqueles homens que não consentiam com as palavras de Cristo, e então aplicar estas palavras para ex-Testemunhas de Jeová é algo ridículo e errado.

Na versão simplificada de A Sentinela de 15 de julho de 2011 (em inglês), publicada para crianças e outros que possuem apenas capacidade básica de leitura, o autor colocou um quadro na página 11, onde "apóstatas" mentalmente doentes e "falsos instrutores" são definidos como "pessoas que se rebelaram contra a adoração verdadeira e a abandonaram." Desta maneira, vocês nocivamente rotularam aqueles que deixam sua religião. Ainda mais, vocês implantaram medo na mente de seus leitores, que são na maioria pessoas simples e inocentes e são uma presa fácil para charlatães influenciarem.

Nosso neto de apenas doze anos de idade, chamado Luke, sabendo que seus avós deixaram a religião das Testemunhas de Jeová em 2002 e estão agora excluídos, tem em sua mente o pensamento assustador de que nós estamos mentalmente doentes. E imaginem, se desejar, como uma criança irá reagir com um pai ou uma mãe ex-testemunha de Jeová, depois de ler que aqueles que deixaram a religião estão mentalmente doentes. Vocês deveriam se envergonhar em dizer que "apóstatas estão 'mentalmente doentes'", visto ser palavras de ódio que difamam e denigrem pessoas que vocês consideram pecadores porque simplesmente não aceitam alguns ensinamentos e políticas da Torre de Vigia, e as consideram como sendo nocivas.

Talvez eu possa relembrar vocês sobre oque escreveram em A Sentinela de 15 de fevereiro de 2000:

"A classe eclesiástica dominante... violentamente silenciou uma voz [Cyril Lucaris - em 1638] que apontava para alguns dos erros de suas crenças não-bíblicas. Eles se mostraram estar entre os piores inimigos da verdade e da liberdade religiosa. Infelizmente, esta é uma posição que de diversas formas sobrevive mesmo em nossos dias. É um claro lembrete do que acontece quando intrigas instigadas pelo clero, se põe no caminho da liberdade de pensamento e de expressão."

Por mais de quarenta anos eu pensei que vocês fossem diferentes daqueles no clero que procuram suprimir o dom divino da "liberdade de pensamento e expressão". Mas por suas palavras eu tenho que admitir que eu estava errada!

Atenciosamente,

Barbara J. Anderson

Ela me pediu também para traduzir uma nota de um site ex-TJ americano, ela gostou do comentário e pediu para eu anexar o link junto:

http://ex-jw.com/dear-watchtower-why-the-insults-and-name-calling

No link também se pode ver a carta original dela e também o comprovante de recebimento da carta.

Mais tarde eu traduzo o comentário do site. Um ex-TJ de Portugal também está traduzindo a carta no português de Portugal, assim que ele terminar eu posto o link aqui também para alguma eventual comparação.

Tradução da nota do site:

Nota do Editor: Em 06 de fevereiro de 2012, o Departamento de Redação da Torre de Vigia recebeu a carta acima de Barbara Anderson, uma ex-Testemunha de Jeová que já serviu neste mesmo departamento. A cada dia muitas cartas e documentos são enviados para a sede da Watchtower em New York. A maioria nunca são respondidas. É provável que algumas nunca nem mesmo sejam lidas. A senhora Anderson sabia disso quando ela escreveu a carta acima, mas mesmo assim ela resolveu enviar a carta. Ela queria fazer o seu protesto de que a Torre de Vigia não pode hipocritamente acusar outras religiões de abafar seus dissidentes - e então deliberadamente fazer a mesma coisa para os seus próprios fiéis seguidores. Eu quero agradecer a Bárbara que nos permitiu publicar sua carta aqui no site Ex-JW.com. Peço a todos para baixar a versão PDF da sua carta original e seu comprovante de recebimento e compartilhá-las com outras TJ's e ex-Testemunhas de Jeová. Na verdade, exorto-vos a escrever suas próprias cartas para a Torre de Vigia e exigir respostas claras às suas perguntas.


Última edição por Johannes em Qua Fev 15, 2012 2:35 pm, editado 6 vez(es)
avatar
Johannes

Mensagens : 380
Data de inscrição : 10/10/2010
Idade : 35
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma carta aberta de Barbara Anderson para a Torre de Vigia

Mensagem por erreve em Ter Fev 14, 2012 12:36 pm

Grande Johannes,

Parabéns! Excelente trabalho. Posso levar para o TJ?

Sds,
RV
avatar
erreve

Mensagens : 500
Data de inscrição : 29/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.erreve.co.cc/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma carta aberta de Barbara Anderson para a Torre de Vigia

Mensagem por Johannes em Ter Fev 14, 2012 12:44 pm

Quanto será que a Torre me pagaria para traduzir as revistinhas deles?

Nem em sonho que eles pagariam alguém, quando possuem mão-de-obra escrava que PAGA para trabalhar para eles! Concorrência desleal! KKK!!

Engraçado que a Torre arrota que possui irmandade internacional e que consegue levar sua mensagem para muitas línguas através da terra e tal, mas os apóstatas conseguem a mesma coisa (e muito mais rápido)! Será que Jeová está do nosso lado também? KKK!!
avatar
Johannes

Mensagens : 380
Data de inscrição : 10/10/2010
Idade : 35
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma carta aberta de Barbara Anderson para a Torre de Vigia

Mensagem por Regis Medina em Qua Fev 15, 2012 9:57 am

Poxa Johannes, que mancada! Eu não tinha visto este tópico ou pensei ser uma carta antiga dela. Gostei muito das palavras dela.
Ela falou o que muitos tem entalado na garganta.
Valeu pela tradução Johannes.
avatar
Regis Medina
Admin

Mensagens : 625
Data de inscrição : 28/09/2010
Idade : 46

Ver perfil do usuário http://exjeovaceticos.foro.bz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma carta aberta de Barbara Anderson para a Torre de Vigia

Mensagem por sergio antonio cuerci em Seg Fev 20, 2012 7:39 am

vomos lutar contra a torre.pois so assin vomos ver pessoas abrindo a mente.

sergio antonio cuerci

Mensagens : 2
Data de inscrição : 15/02/2012
Localização : caxias rj

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma carta aberta de Barbara Anderson para a Torre de Vigia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum