Novas Fotos de Beth-Sarim

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Novas Fotos de Beth-Sarim

Mensagem por erreve em Dom Fev 20, 2011 7:35 pm

Beth-Sarim, como a maioria aqui sabe, foi uma mansão localizada em San Diego, Califórnia, EUA, comprada na década de 1930, pela Watchtower sob a alegação de que nela ficariam hospedados os “principes” que ressuscitariam depois do fim do mundo.

Foi usada por Rutherford, que passou ali seus últimos dias, e depois de sua morte foi vendida pela Watchtower.

A seguir, novas fotos da velha mansão.








Fonte:
BROWN, Dave in Orthocath. Pilgrimage to Beth-Sarim. http://orthocath.wordpress.com/2011/02/19/pilgrimage-to-beth-sarim/. Acesso em 20/2/11.
avatar
erreve

Mensagens : 500
Data de inscrição : 29/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.erreve.co.cc/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novas Fotos de Beth-Sarim

Mensagem por Johannes em Dom Fev 20, 2011 8:34 pm

E pensar que muita gente morreu em campos de concentração por essa casa!

Maldito Rutherford, acho que ele fez até os ratos que comeram a cara dele passarem mal!

Esse escroto inventou a pior humilhação TJ: o serviço de campo!
avatar
Johannes

Mensagens : 380
Data de inscrição : 10/10/2010
Idade : 35
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novas Fotos de Beth-Sarim

Mensagem por erreve em Seg Fev 21, 2011 8:41 am

Johannes escreveu:E pensar que muita gente morreu em campos de concentração por essa casa!
Quando, lá em 1961, me falaram sobre Beth Sarim, eu nunca entendi muito bem o porquê dela, mas a senhora que me deu o estudo, TJ desde os anos 1940, falou de um tempo em que as TJs esperavam que o Rei Davi, Moisés, Abraão entrariam no palco de um Congresso e seriam apresentados às TJs e que a Sociedade até já tinha comprado uma casa (Beth-Sarim) para recebê-los.

Achei isso muito esquisito, mas nunca me demorei muito pensando no assunto, até que ele veio á tona na Internet. Santa Internet! Só ignora quem quer... Pulando de felicidad
avatar
erreve

Mensagens : 500
Data de inscrição : 29/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.erreve.co.cc/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novas Fotos de Beth-Sarim

Mensagem por erreve em Sab Fev 26, 2011 12:51 pm

Quem acessou o sítio de onde foram tiradas as fotos acima, deve ter percebido que elas integram um longo comentário sobre Beth-Sarim e o impacto sobre parte da opinião pública devido à sua construção nos idos de 1929.

Como o material é extenso e tem informação pouco divulgada por aqui, achei interessante trazê-lo para cá, subdividindo-o em várias partes, a primeira das quais, que se segue a esta mensagem, é um interessante artigo publicado na Idade do Ouro (antiga Despertai! justificando a construção da mansão.

Muito interessante, também, é a escritura apensada ao artigo e vale a pena gastar um pouco de tempo lendo-a. É muito engraçada (o dito J. F. Rutherford tinha mesmo um talento muito grande e especial para expor ao ridículo os que nele depositaram sua confiança). Tão engraçada, que até alguns dos principais jornais na época fizeram pilhéria com as Testemunhas de Jeová, mas isso é assunto para um "post" mais adiante...

Quem se interessa pela história das Testemunhas deve achar muito apropriada a leitura do material a seguir...Very Happy
avatar
erreve

Mensagens : 500
Data de inscrição : 29/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.erreve.co.cc/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novas Fotos de Beth-Sarim

Mensagem por erreve em Sab Fev 26, 2011 12:55 pm

A Verdade Sobre a Casa de San Diego
Por R. J. Martin
The Golden Age - 19/03/1930, pgs. 405-407

Tendo em vista estarem circulando tantos relatos caluniosos contra o Irmão Rutherford, cujo verdadeiro objetivo é injuriar o trabalho do Senhor, me senti inclinado a registrar os fatos referentes a alguns deles, não para satisfazer os caluniadores, mas para o benefício dos que realmente são leais ao Senhor.

PRÉDIOS DA SOCIEDADE: Nos últimos dez anos, a Sociedade sob a gestão do Irmão Rutherford financiou comercialmente e erigiu para o bem da obra, os seguintes prédios:

  • O Lar de Betel, disponibilizando acomodações confortáveis para seus trabalhadores.
  • A gráfica de Brooklyn, com uma capacidade de 20.000 volumes por dia, uma das melhores do mundo.
  • Uma gráfica e um lar para os trabalhadores na Suiça
  • Uma gráfica e um lar para os trabalhadores em Magdeburg, Alemanha.
  • Um lar para os trabalhadores na Czekoslováquia.
  • Antes desse período a Sociedade alugava seus escritórios na maior parte dos lugares, inclusive em Londres. Nos anos recentes a Sociedade adquiriu a posse do Betel de Londres.
  • A Sociedade também construiu escritórios e gráficas em Toronto, Canadá.


Até onde é do meu conhecimento, o Irmão Rutherford tem sido incansável em seus esforços para manter todos esses prédios e equipamento para o benefício da obra do Senhor.

Como é bem conhecido pelos irmãos, ele e outros ficaram confinados durante a Guerra numa prisão por causa de sua fidelidade para com a causa do Senhor. Depois de ser libertado ele teve uma grave pneumonia e, desde então, tem apenas um dos pulmões sadio. É praticamente impossível para ele permanecer em Brooklyn durante o inverno e atender às suas pesadas responsabilidades. Até onde é do meu conhecimento não existe na Amérixca qualquer homem que trabalhe diariamente tanto quanto ele. Há quatro anos ele esteve em San Diego sendo tratado pelo Dr. Eckols. O clima ali é tão superior ao de qualquer outro lugar que o Dr. Eckols repetidamente instou com ele para passar a maior parte do tempo possível em San Diego. Quando ele vai para lá, ele leva consigo seus auxiliares do escritório e trabalha desde a manhã, cedo, até tarde da noite e, não fosse o trabalho dele, as gráficas não teriam condições de operar e é muito pouco provável que conseguiríamos manter funcionando as estações de rádio.

Nem sempre é conveniente se ter um lugar confortável para morar quando se depende de alugá-lo por alguns meses. Nos últimos dois anos, eu e os irmãos próximos ao Irmão Rutherford temos insistido com ele sobre a necessidadede uma casa em San Diego, onde ele pudesse viver e fazer o trabalho que é tão necessário ser feito. No ano passado, junto com outros irmãos, voltamos ao assunto com ele. Naquela época, o Senhor proveu os recursos para a construção de uma casa sem precisar tornar isso um fardo para a Sociedade. Finalmente ele consentiu na construção da casa, desde que, daí em diante e para sempre, fosse usada exclusivamente na obra do Senhor e não para o lucro individual de alguém.. Em outubro de 1929, fui à Califórnia, adquiri o terreno em meu nome e assinei o contrato com o construtor e a casa foi construída em meu nome. Retornei à Califórnia no começo de 1930 para fechar os arranjos da construção. Estou feliz em ter desempenhado uma parte nisso porque sei o que isso significa para a obra do Senhor.

Tenho a certeza que o Senhor ama o Irmão Rutherford tanto quanto amou Davi. Davi construiu uma casa para si mesmo e somente depois pensou em construir uma casa para o Senhor. Depois de muita insistência dos irmãos, a casa de San Diego foi construída mas o Irmão Rutherford se recusou a tê-la para si exceto para usá-la na obra so Senhor. Uma escritura foi firmada transferindo a titularidade da casa. Esta escritura foi pessoalmente redigida pelo Irmão Rutherford. Sei que não há debaixo do sol nenhuma outra escritura de qualquer parte de uma propriedade como esta escritura. Sou grato ao Senhor por ter tido alguma participação nisso. A escritura é matéria de registro público nos registros de San Diego, Califórnia, e portanto estou autorizado a torná-la pública e a disponibilizo aqui para que todos possam ver e entender o quanto o Irmão Rutherford foi difamado e injuriado pelos que vilipendiam a obra do Senhor.

Estou certo que os leais se alegrarão de terem tido a oportunidade de financiar a casa e que se regosijarão ao saberem que será para sempre do povo do Senhor; quando o Irmão Rutherford não mais precisar dela, que alguém no trabalho do Senhor a utilizará e quando Davi e José e alguns dos antigos merecedores retornarem eles a terão.

Os inimigos acusam que a casa custou US$ 100.000. Obviamente não custou um quarto desse valor; mas suas falsificações nesse assunto, são acrescentadas a suas falsas declarações sobre tudo o mais. Veja [a seguir] a declaração do tesoureiro da Sociedade informando que nem um único centavo do dinheiro da Sociedade foi usado para pagar esta casa.

[Declaração do Tesoureiro da Sociedade]

3 de março de 1930

A QUEM INTERESSAR POSSA

Esta é para testificar que nenhuma quantia foi tirada por R. J. Martin, Brooklyn, N. Y. ou por qualquer outra pessoa, do fundo da Watch Tower Bible & Tract Society ou de qualquer corporação associada, para ser usada com o objetivo de erigir, comprar ou assumir a posse de qualquer edifício ou propriedade em San Diego, Califórnia.

Submeto respeitosamente,

[Selo do Tesoureiro] W. E. VAN AMBURGH, Tesour.

Anexei uma cópia da Escritura, incluindo os comentários do notário e os memorandos dos registros no verso, os quais, tenho a certeza, serão de interesse de muitos leitores da The Golden Age.

Para não sobrecarregar esta mensagem, estou colocando a escritura de Beth-Sarim no próximo "post", mas a tradução do texto completo como parece em A Idade de Ouro pode ser baixada clicando aqui.


Última edição por erreve em Seg Fev 28, 2011 10:05 pm, editado 2 vez(es)
avatar
erreve

Mensagens : 500
Data de inscrição : 29/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.erreve.co.cc/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novas Fotos de Beth-Sarim

Mensagem por erreve em Sab Fev 26, 2011 12:57 pm

Segue a Escritura de Compra e Venda de Beth-Sarm.

ESCRITURA
ROBERT J. MARTIN

solteiro, morador em Adams St. 117, Brooklyn, Nova York, pela quantia de Dez Dólares (US$ 10,00) através desta confirma, acorda e vende para

JOSEPH F. RUTHERFORD

morador de Columbia Heights, 124, Brooklyn, Nova York, para durante sua vida na terra e depois para a WATCH TOWER BIBLE AND TRACTO SOCIETY, uma corporação criada e organizada sob as leis do Estado da Pensilvânia, que mantém seus escritórios principais em Columbia Heights, 124, Brooklyn, Nova York e para os objetivos aqui definidos.

Toda propriedade real situada em Kensington Heights, Condado de San Diego, Estado da Califórnia, limitada e descrita como segue, a saber:

Lote Cento e Dez (110) e Lote Cento e Onze (111) de Kensington Heights, Unidade Nº 2, no Condado de San Diego, Estado da Califórnia, segundo o Mapa Nº 1912, arquivado no escritório de Registro do Condado, do dito Condado de San Diego, 24 de maio de 1926.

PARA TER E MANTER AS propriedades ACIMA GARANTIDAS E DESCRITAS para si, o dito JOSEPH F. RUTHERFORD para sua posse, uso e benefício exclusivos para e durante sua vida na terra e ao seu final a dita propriedade [passar] então para a WATCH TOWER BIBLE AND TRACT SOCIETY em fideicomisso, para ser usada com os objetivos aqui definidos, a saber:

O outorgante, como solicitado pelo dito JOSEPH F. RUTHERFORD, que é presidente e gerente geral da WATCH TOWER BIBLE AND TRACT SOCIETY fez as seguintes provisões e considerações conforme transcrito nesta ecritura:

Ambos, outorgante e outorgado, o dito JOSEPH F. RUTHERFORD, estão plenamente convictos pelo testemunho da Bíblia, que é a Palavra de Jeová Deus e por evidências menores que o reino de Deus está em processo de estabelecimento e que resultará em benefício para os povos da terra; que o poder governante e autoridade será invisível aos homens, mas que o reino de Deus terá representantes visíveis que se encarregarão dos assuntos das nações sob a supervisão do governante invisível, Jesus Cristo; que entre aqueles que, então, serão seus representantes e governantes visíveis, estarão Davi, que uma vez fora rei de Israel; e Gideão. e Barak, e Sansão, e Jefté, e José, antigo governandor do Egito e Samuel o profeta e outros homens fiéis que foram identificados por nome com aprovação, na Bíblia, em Hebreus, capítulo onze. A condição aqui estabelecida é que a WATCH TOWER BIBLE AND TRACT SOCIETY manterá o dito título perpetuamente em fideicomisso para o uso de alguns ou todos os homens acima citados, como representantes do reino de Deus na terra, e que tais homens possuirão e usarão a dita propriedade aqui descrita no que eles suponham ser os melhores interesses para a obra na qual estiverem engajados.

Esta propriedade foi adquirida e melhoramentos foram feitos nela sob a orientação e direção do dito JOSEPH F. RUTHERFORD e dedicada a Jeová Deus e Seu Rei Cristo, que é o governante de direito da terra, e para o expresso propósito de ser usada por aqueles que forem servos de Jeová Deus. Por esta razão se provê nesta escritura que a propriedade será usada para sempre para este objetivo, sujeito a quaisquer impedimentos que possam ter sido colocados acima.

FICA ADICIONALMENTE ESTABELECIDO que se o dito JOSEPH F. RUTHERFORD enquanto vivo na terra, através de aluguel, escritura ou contrato estabelecer que qualquer outra pessoa ou pessoas ligadas à WATCH TOWER BIBLE AND TRACT SOCIETY terá o direito de morar nas ditas propriedades até o aparecimento de Davi ou alguns dos outros homens mencionados no décimo primeiro capítulo de Hebreus como definido acima, mesmo [que] tal pessoa ou pessoas tenham sido designadas pelo dito JOSEPH F. RUTHERFORD em tal aluguel ou outro documento escrito, terá o direito de residir nas citadas propriedades até a mesma ser passada para a posse de Davi ou alguns dos outros homens aqui citados e esta propriedade e seus prédios sendo dedicados a Jeová e ao uso de seu reino serão usadas para tal, para sempre. Qualquer pessoa que apareça para tomar posse das ditas propriedades deverá provar e identificar-se aos responsáveis apropriadas da dita Sociedade como a pessoa ou as pessoas descritas em Hebreus capítulo onze e nesta escritura. EM TESTEMUNHO DO AQUI REGISTRADO EU, o dito ROBERT J. MARTIN e o dito JOSEPH F. RUTHERFORD apomos nossas assinaturas neste 24º dia de dezembro de 1929 A.D.

ROBERT J. MARTIN
JOSEPH F. RUTHERFORD

Testemunhas:
DONALD HASLET
BONNIE BOYD

ESTADO DE NOVA YORK
CONDADO DE KINGS) SS

Neste dia 24 de dezembro de 1929 A. D. Perante mim, Donald Haslett, um notário, publico, em e para o dito Condado e Estado de Nova York, tendo autoridade para dar reconhecimento de instrumentos legais, apareceram em pessoa ROBERT J. MARTIN e JOSEPH F. RUTHERFORD sendo do meu conhecimento como as pessoas cujos nomes estão assinados no presente instrumento e cada um me afirmou que o excutou de sua livre e expontânea vontade.

TESTEMUNHAM MINHA ASSINATURA e selo oficial no dia e ano deste certificado o primeiro acima escrito.

DONALD HASTLETT
[justify][Selo do Tabelião] Escrivão Público


Estado de Novas York,
Condado de Kings, ss,
Eu, Fred G. Limmermann, Escrivão do Condado de King e também Escrivão da Suprema Corte do dito condado (tal corte sendo uma corte de registro) aqui atesta que Donald Haslett, o Escrivão Público, perante quem o reconhecimento ou testemunho aqui contido foi feito, era na época da feitura, o mesmo, autorizado pelas leis do estado de Nova York a fazer o reconhecimento e provar as escrituras ou pactos para terras, condomínios e heranças situadas, localizadas e sendo no dito estado de Nova York. E que eu estou bem familiarizado com o manuscrito de tal Escrivão Público e verazmente acredito que a assinatura no dito certificado de comprovação, reconhecimento ou deposição é genuína.

Em testemunho do qual tenho apensado aqui minha assinatura e afixado o selo dos ditos Condado e Corte neste 24º dia de dezembro de 1929.
FRED G. LIMMERMANN, Escrivão

GARANTE ESCRITURA
Indivíduo
ROBERT G. MARTIN
para
JOSEPH F. RUTHERFORD
et al.
Datado em 24 de dezembro de 9129
Registrado por solicitação de Garantia em 7 de fevereiro de 1930, à 2 horas e 15 minutos no Livro Nº 1741, Página 69 de Escrituras[justify]
Registros do Condado de San Diego, Califórnia
[justify]JOHN H. FERRY Arquivista do Condado
Por N. C. PARSONS Representante. Comparado. Taxa US$ 1.80.

Clique aqui para baixar as páginas da The Golden Age a partir das quais foram feitas as traduções acima.

Clique aqui para baixar a edição completa da The Golden Age de 19/03/1930 (sítio em inglês).


Última edição por erreve em Seg Fev 28, 2011 10:07 pm, editado 1 vez(es)
avatar
erreve

Mensagens : 500
Data de inscrição : 29/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.erreve.co.cc/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novas Fotos de Beth-Sarim

Mensagem por Romeu em Dom Fev 27, 2011 5:54 pm

Vou dar uma ajudazinha nas fotos e em algumas informações, no mínimo, curiosas sobre a mansão mais famosa entre as TJs. (A mais famosa do mundo é a da Playboy!) scratch

Eu não confirmei essa história, não tenho comprovação dela. Ela foi veiculada lá por 2002 ou 2003 por um corretor que trabalhava na imobiliaria que estava com a incumbência de vender Beth Sarim. Que eu saiba ele não tinha nenhum vínculo com as TJs, por isso irei contar a história.

A compradora de Beth Sarim foi uma senhora multimilionária que havia conhecido Rutherford em anos anteriores. Ela fez questão de preservar tudo originalmente. A mansão, segundo o corretor, custou a bagatela de US$ 68 milhões (isso é gorjeta que dou para garçons). Não sei se essa pessoa ainda vive e quem é o atual proprietário, se é que mudou de dono.

Essa foi a história. Talvez tenha algum exagero de corretor para poder valorizar o imóvel e sua carreira. Vá saber!

Numa das fotos Ruther aparece ao lado de seu Cadillac. Para se ter idéia, um Cadillac moderno (2011) custa em torno de R$ 450.000,00. Segundo um catálogo de carros antigos que eu tenho, o Cadillac do Ruther, ano 1932, custava a bagatela de US$ 36,000, uma fortuna naquela época. Era bem mais caro que uma casa popular americana, lá pelos idos de 1932. Mas tudo para engrandecer o nome de Jeová!

Olhem as fotos:













Eis o cara-de-pau! Para quem não conhece.



E de quebra o carrão!



Shocked Shocked Shocked
avatar
Romeu

Mensagens : 21
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 59
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novas Fotos de Beth-Sarim

Mensagem por erreve em Qua Mar 09, 2011 7:05 am

Mais um pouco sobre Beth-Sarim (esta conversa ainda vai render muitos “posts” Very Happy, mas é interessante porque faz parte da história das Testemunhas de Jeová e esclarece um pouco o seu impacto sobre a opinião pública).

Beth-Sarim, Rutherford e os antigos merecedores

Por que eles incluíram a ideia de que Rutherford apenas aceitaria a mansão se estivesse destinada aos antigos merecedores? O artigo dizia claramente que a casa foi [construída] para Rutherford, portanto porque incluir uma ideia louca de que seria revertida aos merecedores bíblicos no seu iminente retorno? SEITA ficou gritante quando tiveram essa ideia maluca de incluir os antigos na escritura.

Se os seguidores da STV não se importavam de que Rutherford tivesse uma mansão enquanto o país entrava num revés econômico, por que eles quiseram deixar registrada a ideia da construção ser para Davi? Em 1931 [N. T. - Na verdade, 1930], os seguidores da STV já sabiam que 1925 falhara, então, porque sustentar uma profecia falida e trazer os holofotes para essa ideia louca? Queria Rutherford que seus seguidores fossem perseguidos já que seria óbvio que, ao tomar conhecimento de que a escritura era para os antigos que ressuscitariam em breve, qualquer um de fora [da religião] concluiria que Rutherford e seus seguidores formavam uma seita e eram totalmente birutas.


DIAMONDIIZ. Beth Sarim, Rutherford and ancient worthies. Disponível em: http://www.jehovahs-witness.net/watchtower/scandals/207038/1/Beth-Sarim-Rutherford-and-ancient-worthies. Acesso em 8/3/11.

Interessante foi a explicação oficial da Torre de Vigia conforme mostrado no “post” a seguir, que reproduz uma publicação da Watchtower (citação aparentemente extraída do CD da Torre de Vigia [em inglês] que aqui vai em tradução livre porque não tenho a publicação em português, se é que alguma vez este material foi traduzido pela Sociedade):

*** g42 5/27 p. 5, 14 San Diego Officials Line Up Against New Earth's Princes ***

*** Consolação (atual Despertai!), 27/5/1942, p. 5, 14 Autoridades de San Diego se Alinham Contra os Novos Príncipes da Terra ***

Em 1929, portanto, Beth Sarim foi construída como prova tangível de fé nessas profecias. As Escrituras indicam que nos tempos modernos haverá uma reunião entre as últimas Testemunhas cristãs de Jeová e esses príncipes ressuscitados que foram Testemunhas pré-cristãs de Jeová. Em nome da Sociedade, o Juiz Rutherford aceitou a casa de uma pessoa que amava o Senhor e que esperava o retorno antecipado dos príncipes, como seu guardião até que eles chegassem. A casa não foi construída com os fundos da Sociedade, mas pelo que doou a propriedade. A escritura deste homem para o Juiz Rutherford, em nome da Sociedade, foi amplamente divulgada pela imprensa comum e, por ela, foi objeto de zombaria e foi ridicularizada.

Lembra-se, por oportuno, que por vários anos Noé foi objeto de zombaria enquanto laboriosamente construía a arca cumprindo as ordens do Altíssimo. As condições naquele tempo, representaram a atual era de zombadores. No passado, o último ridicularizador foi cortado [da vida] pelas águas geladas do Dilúvio, que tipificaram a iminente batalha do Armagedom que varrerá os sorridentes e suas próprias vidas, que zombam dos propósitos de Deus. … Uma condição exatamente paralela existe hoje. O Armagedom varrerá para longe todos aqueles que agora riem dos propósitos do Senhor e, especialmente, das provisões que estão incluídas nesses propósitos. Tais eventos não ocorrerão num futuro distante, como dizem alguns, mas muito em breve. Jesus disse que 'quando os totalitários estiverem destruindo a terra e existirem condições semelhantes às dos dias de Noé, isto seria evidência de que estaria às portas o pleno estabelecimento da TEOCRACIA. Este evento aconteceria durante o período de vida da geração que agora testemunha este cumprimento da profecia.' (Lucas 21:31, 32)


LEOLAIA. Beth Sarim, Rutherford and ancient worthies. Disponível em: http://www.jehovahs-witness.net/watchtower/scandals/207038/1/Beth-Sarim-Rutherford-and-ancient-worthies. Acesso em: 8/3/11
avatar
erreve

Mensagens : 500
Data de inscrição : 29/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.erreve.co.cc/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novas Fotos de Beth-Sarim

Mensagem por erreve em Qua Mar 09, 2011 7:06 am

Mais de 12 anos após a construção da mansão de San Diego (ela foi construída em 1929, em plena Grande Depressão, quando milhares, para citar apenas os EUA, morriam de fome e o artigo de Consolação é de 1942), a Sociedade Torre de Vigia ainda defendia as ideias por trás da farsa da construção de Beth Sarim. Como vemos, não é recente o costume das Testemunhas de Jeová não reconhecer seus erros e ficarem insistindo nele, levando até o mais distante possível no tempo, o mito de “infalibilidade” que construíram para si.

Mas não era sobre isso que eu queria escrever.

Por serem humanos, eu até os desculpo por acreditarem uma vez no que estavam escrevendo lá, naquele ano de 1930, assim como muitos de nós também acreditamos em 1975.

O que me e espanta e, para mim, ressalta a hipocrisia deles não é isso. Afinal todos, por ignorância e até mesmo acreditando ser possível um mundo perfeito, erramos algumas vezes, mas o que me causa repulsa é, mesmo sabendo desses fatos e os tendo vivido, eles continuarem décadas depois, dando as mesmas explicações, vez após vez, das razões porque suas previsões não se cumpriram e comparando os que os que criticam e zombam dessas previsões não cumpridas aos povos míticos que teriam vivido nos “dias de Noé”.

Vidas estão sendo desperdiçadas e destruídas por causa de tais absurdos.
avatar
erreve

Mensagens : 500
Data de inscrição : 29/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.erreve.co.cc/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novas Fotos de Beth-Sarim

Mensagem por erreve em Seg Mar 14, 2011 3:43 am

Esclarecimento

Partes do artigo a seguir foram publicadas neste fórum nos "posts" anteriores. No entanto, para benefício dos que se interessam por conhecer melhor a história das Testemunhas de Jeová, achei que valia a pena reproduzi-lo na íntegra. Segue, portanto, a tradução integral do artigo original o qual poderá ser encontrado em:

Orthocath - Musings by a revert to the Orthodox Catholic faith. Pilmigrage to Beth-Sarim. Disponível em: http://orthocath.wordpress.com/2011/02/19/pilgrimage-to-beth-sarim/. Acesso em:13/3/11.


Todas as ligações ("links") do artigo, mesmo os da Wikipedia, remetem a textos em inglês. A Wikipedia em português encontra-se desvirtuada, no que tange às informações sobre as Testemunhas de Jeová devido à atitude desonesta de um ancião de Portugal, que transcreve na Enciclopedia, como se fossem fatos históricos, os conceitos da Torre de Vigia. Algumas dessas ligações poderão vir a ser traduzidos num futuro próximo.

RV

Peregrinação a Beth-Sarim


Inseri uma visita a Beth Sarim quando visitei San Diego em 2008.

San Diego, Califórnia é uma favorita dos turistas devido a suas atrações conhecidas internacionalmente (como o Zoológico de San Diego e o Sea World), lindas praias e clima curativo. Só poucos se desviam para as vizinhanças do histórico Kensigton Heights para conhecer uma bela mansão construída em 1929 para o segundo presidente da Watchtower Society, Juiz Rutherford. De fato, é algo que só tem algum significado para aqueles que se fascinam com a história das Testemunhas de Jeová. Casualmente eu sou uma dessas pessoas. Embora eu não recomende que esta, agora residência particular, se torne um ponto de atração turística (embora esteja incluída na relação de lugares históricos de San Diego), mas explicarei algumas das razões para meu interesse nesta mansão que serviu como o quartel-general californiano de Rutherford por quase 12 anos (1930-1942) bem como algumas fotos que tirei durante aquela visita. Este artigo também contém algumas digitalizações da escritura ímpar de Beth-Sarim que foi publicada pela Watchtower Society em 1930.


A Watchtower Society foi proprietária de Beth Sarm de 1930-1948. Desde então tem sido uma residência particular

Logo depois que J. F. Rutherford se mudou para a mansão, batizada Beth-Sarim (significando "Casa dos Príncipes") no início de 1930, ela se tornou imediatamente um ponto de sensação para a mídia. A América entrou numa grave crise financeira devido ao "crash" de Wall Street alguns meses antes, levando à Grande Depressão, com incontáveis milhares de sem-teto vivendo em abrigos. Muitas pessoas, sem dúvida, ficaram indignadas com o inusitado da situação. Por exemplo o Berkeley Daily Gazette de 15 de março de 1930 publicou a história com a ajuda de informações da UPI

Mansão de US$ 75.000 Foi Doada para o Rei Davi
Pela United Press.

San Diego, 15 de Março.

Quando o Rei Davi, o matador de Golias, voltar à terra, ele encontrará uma mansão de US$ 75.000 esperando por ele.

De acordo com a escritura registrada hoje, Rutherford deseja que o Rei Davi receba a custosa residência em estilo espanhol. Se o Rei Davi não reclamar para si a propriedade que Rutherford deixa para ele, então Rutherford deseja outros personagens bíblicos fiquem com ela.

[G]ideão, Baraque, Sansão, Jefté, José ou Samuel foram identificados por nome como alternativas ao Rei Davi.

A identidade dos identificados por nome como proprietários da casa será estabelecida pela Associação Internacional dos Estudantes da Bíblia e pela Watch Tower Bible and Tract Society. Rutherford é o presidente de ambas as organizações. Explicando sua atitude, Rutherford disse que esperava a qualquer momento o retorno à terra das famosas figuras do Velho Testamento.

Rutherford foi Juiz substituto em Missouri.

O The New York Times (19 de março de 1930) colocou a manchete:

ESCRITURA DE CASA PARA OS REIS DE ISRAEL; Enquanto eles não vêm, o Juiz Rutherford Ocupa a Casa e Dirige os Carros


A revista Time (31 de março de 1930) publicou uma história semelhante:

O grande Juiz de olhos azuis, Joseph Frederick (na verdade Franklin] Rutherford, 60, vive numa mansão de estilo espanhol, de dez quartos, na Braeburn Road, No. 4440 . San Diego, Califórnia, com garagem para dois carros e um par de automóveis para o Rei Davi, Gideão, Baraque, Sansão, Jefté, Samuel e vários outros poderosos da antiga palestina. Ele está certo de que em breve eles reaparecerão na terra. Disse ele: "Eu decorei propositalmente os jardins com palmeiras e oliveiras, para que estes príncipes do universo se sintam em casa quando retornarem para oferecer ao homem a oportunidade de se tornar perfeito."

Naquela época, as Testemunhas acreditavam que a ressurreição desses personagens do Velho Testamento podia ser esperada para qualquer momento e seria um prenúncio do Armagedom. Esta crença (que não é mais sustentada pelas Testemunhas) foi explicada de maneira sucinta no artigo "O Retorno dos Príncipes" – pp. 17-18 do número de 26 de novembro de 1941, da revista Consolação:


Os fatos recentes têm demonstrado conclusivamente o cumprimento da profecia sagrada e provam que o tempo para a "batalha do grande dia de Deus, o Todo-Poderoso" está muito próximo e que nessa batalha todos os inimigos de Deus serão destruídos e a terra será limpa da iniquidade, em preparação para o completo estabelecimento da justiça, para todo o sempre. Os assuntos da terra estarão, então, sob o controle total do Messias, o Rei Ungido de Deus sobre Sua Teocracia, e os homens fieis do passado, de Abel a João Batista, serão ressuscitados dos mortos como criaturas perfeitas e agirão como representantes na terra do Governo Teocrático. (Hebreus 11:1-40) A evidência das Escrituras também mostra abundantemente que aqueles homens fieis estarão na terra de volta, no começo da batalha do Armagedom. ...

Em San Diego, Califórnia, existe um pequeno pedaço de terra, no qual, no ano de 1929, foi construída uma casa, que é chamada e conhecida como "Beth-Sarim". As palavras hebraicas Beth-Sarim significam "Casa dos Príncipes". O propósito de se adquirir a casa foi o de que precisava-se ter uma prova tangível de que há hoje na terra aqueles que acreditam plenamente em Deus, Cristo Jesus e no Governo Teocrático, e que acreditam que os homens fiéis do passado serão em breve ressuscitados pelo Senhor, estarão de volta à terra e se encarregarão dos assuntos visíveis da terra. O título de propriedade de Beth-Sarim foi dado á WATCH TOWER BIBLE & TRACT SOCIETY. Você pode, dentro de pouco tempo, encontrar-se com Abraão, Daniel e outros homens do passado que estarão aqui, quias homens perfeitos, agindo como governantes do novo mundo. Busque ansiosamente seus ensinos e apegue-se às suas palavras de sabedoria e graça, porque eles o conduzirão no caminho da retidão. Eles são "príncipes" de Deus.


Antes disso, uma grande campanha promovendo o livro Milhões que Agora Vivem Jamais Morrerão, previu que esses "Merecedores do Passado", ou "Príncipes" do Velho Testamento apareceriam em 1925. O não cumprimento dessa previsão de 1925, precipitou muitos desligamentos da religião. Apesar de 1925 ter falhado, Rutherford ainda proclamava a ressurreição próxima desses heróis do Velho Testamento. Portanto, atribuir a eles a mansão pode ser visto como um modo de reafirmar o que, na época, era um ensino central.

Uma segunda série de artigos sobre Beth-Sarim apareceu na imprensa em 1931. por exemplo, o Telegraph-Herald and Times-Journal (Dubuque, Iowa). De 14 de janeiro de 1931 descreveu o automóvel mantido para os "Príncipes" como um "automóvel de 16 cilindros" e alguns jornais chegaram a publicar esta foto de Rutherford posando em frente de Beth-Sarim com seu carro de luxo.


J.F. Rutherford at Beth Sarim in San Diego with his 16 cylinder Cadillac convertible

A revista da Sociedade Torre de Vigia, a Golden Age (precursora da atual Despertai!) tentou reduzir ou minimizar o dano explicando "a verdade sobre a casa de San Diego". O número de 19 de março de 1930, da Golden Age que pode ser lido "online" aqui ou que pode ser baixada daqui apresenta esta explicação de Robert J. Martin, o superintendente da fábrica, na sede da Watchtower em Brooklyn. Depois de fornecer o "background" de porque a casa era necessária (citando a saúde fraca de Rutherford), Martin conta como veio á existência a escritura para os "príncipes" do Velho Testamento. Ele explica:

A escritura foi preparada pelo próprio Irmão Rutherford.

Como um complemento óbvio, Martin ironizou:

Estou certo de que não há debaixo do sol outra escritura de qualquer propriedade igual a esta.



A Golden Age de 19 de março de 1930, foi a primeira menção de Beth Sarim numa publicação da Watchtower

As duas páginas seguintes da Golden Age continham o texto completo da escritura incomum de Beth Sarim.

Ao acrescentar uma "provisão e condição" à escritura, Rutherford providenciou que a Watch Tower Society "manterá o dito título perpetuamente em fideicomisso para o uso de alguns ou todos" os personagens do Velho Testamento (tais como Devi, Sansão, Gideão, José etc.) cuja ressurreição era esperada a qualquer momento. Rutherford deu-se o direito de ser o "caseiro" para esses heróis do Velho Testamento e lhes entregaria a propriedade quando eles viessem "e serão usadas como tal, para sempre":


A Escritura de Beth Sarim como publicada na Golden Age de 19 de março de 1930


A Escritura de Beth Sarim como publicada na Golden Age de 19 de março de 1930, contin.

Indubitavelmente, a explanação de Martin revela a verdadeira razão para Beth-Sarim. Rutherford precisava (ou desejava) os invernos quentes de San Diego ao invés dos invernos rigorosos de Nova York. A parte sobre a casa ser dedicada aos "príncipes" do Velho Testamento foi mais uma estratégia de relações públicas para tentar amenizar os questionamentos quanto ao porquê de Rutherford estar vivendo naquela mansão palacial. A reação cínica da mídia demonstrou que poucos se deixaram convencer.

A explanação de Martin também revela que por aquela época, Rutherford já havia assumido o controle total da Watchtower Society. Não havia nenhum Corpo Governante supervisionando a religião. O trabalho de Rutherford era essencial para a Organização da Watchtower porque ele tinha a supervisão total e produzia todo o "alimento espiritual" difundido através das publicações da Watchtower. Antes de 1925, uma comissão editorial (definida pelo antecessor de Rutherford, Charles Taze Russell em sua Última Vontade e Testamento) supervisionava o que era publicado na revista A Sentinela. Em 1925, Rutherford destituiu a comissão e ela foi desmantelada, deixando Rutherford no comando total (Ver "A People For His Name", p. 120). portanto, se Rutherford não podia suportar os invernos de Nova York, então a Watchtower Society seria dirigida por ele a partir da Califórnia, pois não havia mais ninguém para liderá-los na sua ausência. De fato, depois de 1930, o grosso dos livros e folhetos de Rutherford e dos artigos da Revista A Sentinela, foram escritos por ele em Beth-Sarim.

Enquanto Rutherford esteve vivo, Beth-Sarim era bem conhecida entre as Testemunhas de Jeová. Ela foi mencionada em várias publicações da Watchtower, tal como o Menseger (um relatório de convenção) , pgs. 6, 8, no livro "Salvação", de 1938, pgs. 311-312. Referências a ela continuaram a ser feitas na mídia, especialmetne quando Rutherford faleceu em Beth-Sarim em 8 de janeiro de 1942. Jornais (como o Lawrence Journal – World de 12 de janeiro de 1942) relataram que a última vontade de Rutherford era ser enterrado em Beth-Sarim. Isto deu origem a um conflito com as autoridades de San Diego que não autorizaram o enterro numa cripta, na encosta atrás de Beth-Sarim de frente para o desfiladeiro atrás da casa (ver [i]The Evening Independent – Saint. Peterbusrg, Flórida, de 26 de janeiro de 1942). O avô de minha mulher passou algumas semanas no nordeste da Califórnia angariando assinaturas para uma grande petição, numa tentativa mal sucedida, para demover as autoridades, para permitir o enterro em Beth-Sarim. As Testemunhas deram sua versão para a disputa da tentativa de enterrar Rutherford em Beth-Sarim, no número de 27 de maio de 1942 da Consolação).

Quando ficou claro que a permissão para enterrar Rutherford em Beth-Sarim não seria concedida, as Testemunhas transferiram o corpo para o Leste. Entretanto algumas fontes alegam que a última vontade de Rutherford não lhe foi negada e que ele foi enterrado secretamente em Beth-Sarim. A Watchtower Society manteve a propriedade durante vários anos, mas a vendeu em 1948. Desde então tem sido uma residência particular.

Depois que Beth-Sarim foi vendida, não foi mais mencionada na literatura da Watchtower por muitos anos. Um livro de 1959, contando a história das Testemunhas, As Testemunhas de Jeová no Propósito Divino não faz qualquer referência a Beth-Sarim. O anuário de 1975 (N.T. - em inglês, em português, Anuário de 1976) das Testemunhas de Jeová a menciona brevemente, mas apenas como sendo a 'casa de inverno' de Rutherford. Nenhuma menção é feita nesses livros históricos, à escritura incomum ou à sua dedicação aos "príncipes" do Novo Testamento. Foi apenas no livro de 1993, "As Testemunhas de Jeová: Proclamadores do Reino de Deus" que foi feito um reconhecimento oficial quanto ao propósito duplo de Beth-Sarim num texto da história das Testemunhas. Isso depois de muitos anos de publicidade negativa sobre Beth-Sarim em publicações não Testemunhas e no filme Witnesses of Jehovah. Mesmo assim, o livro de 1993, Proclamadores, não fornece a história completa sobre a escritura de Beth-Sarim:

... A escritura, publicada na íntegra na revista “Golden Age” de 19 de março de 1930, transferia essa propriedade a J. F. Rutherford e depois à Sociedade Torre de Vigia, dos EUA. (Proclamadores, pg. 76)

O livro Proclamadores ( texto histórico atual publicado pela Sociedade Torre de Vigia) deixa de fora as partes mais interessantes da escritura que contêm a "provisão e condição" de que a propriedade seria mantida para os "príncipes" do Velho Testamento quando retornassem e seria "usada , como tal, para sempre."

Mesmo a casa tendo tal história interessante e incomum, espera-se que as pessoas que se desviem para ver a famosa "Casa dos Príncipes" sejam respeitosas para com os seus atuais proprietários. Para minha esposa e eu Beth-Sarim foi um rápido desvio de viagem. Nos divertimos muito mais com a praia atrás do Hotel del Coronado. Na verdade seu tempo poderá ser muito melhor aproveitado visitando as atrações costumeiras de San Diego do que este monumento à falsa profecia.

Depois de minha visita em 2008, ajudei a editar o artigo da Wikipedia sobre Beth-Sarim e passei (Com alguma ajuda de amigos) a colecionar e a escanear os documentos relacionados e a colocá-los "on line". Um último documento relacionado a Beth- Sarim que ainda não havia sido publicado "on line" era o número completo da Golden Age, de 19 de março de 1930 que inclui a escritura redigida pelo Juiz Rutherford. A inspiração para este artigo foi o desejo de eliminar esta pendência.


Beth-Sarim close-up


Beth-Sarim vista lateral

O número completo da Golden Age de 19 de março de 1930 com a Escritura de Beth-Sarim pode ser baixado [url= http://www.archive.org/details/March191930GoldenAgeBethSarimDeed]daqui[/url]

Leitura Adicional (em inglês):


avatar
erreve

Mensagens : 500
Data de inscrição : 29/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.erreve.co.cc/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novas Fotos de Beth-Sarim

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum