Irã condena Pastor à forca por "crime e pensamento"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Irã condena Pastor à forca por "crime e pensamento"

Mensagem por erreve em Qui Dez 09, 2010 11:59 am

Infelizmente, não tenho tempo para traduzir a notícia, mas achei importante trazê-la, tendo em vista as recentes manifestações de carinho e apoio ao governo iraniano pelo Brasil.

O Pastor em questão foi condenado à morte por "apostasia", por bandono da religião do Islã.

E o Brasil, através do Banco do Brasil, ainda financia uma magnífica exposição do Islã no Centro Cultural Banco do Brasil, aqui no Rio.

http://www.worthynews.com/9786-iran-court-pastor-to-be-executed-by-hanging


Última edição por erreve em Qui Dez 09, 2010 8:17 pm, editado 1 vez(es)
avatar
erreve

Mensagens : 500
Data de inscrição : 29/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.erreve.co.cc/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Irã condena Pastor à forca por "crime e pensamento"

Mensagem por Regis Medina em Qui Dez 09, 2010 12:34 pm

Fiz um resumo Erreve



Yousef Nadarkhani

Ele está sendo condenado por apostasia ao Islã.
Segundo consta ele foi criado como muçulmano até os 19 anos e então se tornou cristão.
Testemunhas apontam ele ter pregado o evangélico, feito reuniões em sua casa e batizado pessoas.
Os advogados de defesa alegam que ele nunca foi um muçulmano de verdade, mas todos teólogos discordaram dessa alegação por ele ter nascido em um lar islâmico.

Nadarkhani 33 anos, que foi detido em outubro do ano passado, está atualmente em uma prisão em Lakan, Irã, ao sul de sua cidade natal de Rasht.

Ele foi preso depois de protestar contra a leitura forçada do Corão para as crianças cristãs, incluindo a sua própria. Sua esposa Fatemeh Passandideh foi acusada dia 11 de outubro por um tribunal na província de Gilan, depois que ela foi detida também por acusações de apostasia, relatam outros cristãos.

Se confirmada, Nadarkhani seria o primeiro cristão a ser oficialmente executado no Irã por motivos religiosos em 20 anos. O último cristão iraniano convertido do islã executado pelo governo iraniano foi um pastor da Assembléia de Deus, Hossein Soodmand em 1990.

No entanto, vários outros cristãos, incluindo pelo menos seis pastores protestantes, são conhecidos por terem sido assassinados por matadores desconhecidos nos últimos anos.

Citando a Bíblia, o pastor Yousef Nadarkhani escreveu para seus companheiros crentes não temerem a perseguição na nação islâmica, dizendo que Jesus Cristo lhes dá força. "Como nós ouvimos Ele disse:" Bem-aventurados os que são perseguidos por "causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. Alegrai-vos, e satisfeito por ser superior: é grande o vosso galardão nos céus: porque assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós. "


Para mim o mais trágico disso tudo é que se trata de uma perseguição religiosa feita por outra religião que também é perseguida pela religião da vítima. Basta mudar o contexto de poder que o carrasco vira vítima.
É claro que num país teocrático, o poder religioso toma contornos de horror para um mundo moderno. As vítimas, mártires da fé apenas servem de motivação a mais fanatismo, uma verdadeira bola de neve.

Testemunhas de Jeová que pensam ser o umbigo do universo, se achando os mais perseguidos do mundo, diante de qualquer critica a sua estupidez, estão bem longe da realidade que tem um monte de cristãos sendo perseguidos e perseguindo em todo lugar.
avatar
Regis Medina
Admin

Mensagens : 625
Data de inscrição : 28/09/2010
Idade : 46

Ver perfil do usuário http://exjeovaceticos.foro.bz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Irã condena Pastor à forca por "crime e pensamento"

Mensagem por erreve em Qui Dez 09, 2010 8:26 pm

Valeu Reginaldo, obrigado pela tradução da notícia.

Até quando teremos que conviver com horrores como esse? Até quando as religiões vão continuar a encharcar a terra com o sangue de suas vítimas?
avatar
erreve

Mensagens : 500
Data de inscrição : 29/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.erreve.co.cc/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Irã condena Pastor à forca por "crime e pensamento"

Mensagem por Regis Medina em Sex Dez 10, 2010 11:44 am

Tenho muita esperança que embora longe de meus dias isso ainda vai naturalmente acontecer. Acredito que a humanidade vai ainda abandonar o misticismo como é atualmente e muito pior foi no passado.
Por mais que a religião tenha atrasado a humanidade, mesmo quando ela causou um retrocesso enorme no conhecimento como a destruição da biblioteca de Alexandria, mesmo assim na visão geral a religião foi perdendo sua força e poder.
O força que ela tem hoje, é muito fraca comparado ao que teve no passado recente.
Quanto mais a religião perde força mais a humanidade ganha.
Não é a toa que temem tanto a informação livre.
avatar
Regis Medina
Admin

Mensagens : 625
Data de inscrição : 28/09/2010
Idade : 46

Ver perfil do usuário http://exjeovaceticos.foro.bz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Irã condena Pastor à forca por "crime e pensamento"

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum